Início Saúde Física Teste ajuda a identificar deficiências auditivas a partir de diversos sons

Teste ajuda a identificar deficiências auditivas a partir de diversos sons

51
0

Todos os dias esbarramos em alguém que está usando fones de ouvido, há vezes em que conseguimos ouvir a música que o outro está escutando por causa do volume elevado. É claro que estas práticas prejudicam o ouvido, podendo, até mesmo, causar deficiências auditivas ou surdez.

Há um teste onde é possível medir se há alguma alteração ou dificuldade auditiva. Ela é realizada a partir de sons emitidos em diversas frequências. Em cada período da vida, é possível ouvir até certa frequência. Caso a sua idade não seja tão elevada, mas seja difícil ouvir o som adequado para a sua faixa etária, é importante procurar um médico.

O vídeo abaixo apresenta este teste. Assista e ouça:

 O teste começa como um desafio: “Quantos sons você consegue ouvir?”. No início, a frequência é de 8000 Hz, que todas as pessoas conseguem ouvir. Em seguida, a frequência vai para 12000 Hz, onde todos que estão na faixa etária dos 50 anos conseguem ouvir. A partir daí a frequência é alterada até chegar aos 20 anos. Se não é possível ouvir o último som, é porque você deve ter mais de 20 anos. De acordo com os cientistas responsáveis pelo canal Asap Science, “à medida que vamos envelhecendo, é comum perdermos a habilidade de escutar os sons mais graves e mais agudos”.

As células ciliares são responsáveis por detectar diferentes frequências e enviá-las ao cérebro, onde tudo é processado. Caso essas células sejam expostas a barulhos contínuos altos, elas são destruídas, causando danos a audição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui