Início Saúde Física Tempo para o almoço afeta a qualidade da alimentação das crianças

Tempo para o almoço afeta a qualidade da alimentação das crianças

18
0

Pesquisadores de Harvard T.H. Chan School of Public Health, em Boston (EUA), afirmam que o tempo usado pelas crianças para realizarem o almoço pode influenciar nas opções de comida e na quantidade consumida.

Nas escolas norte-americanas é comum as crianças entrarem às 8h e saírem no meio da tarde. Por isso, elas realizam o almoço no próprio colégio.

Preocupados com a qualidade da alimentação realizada pelos alunos, a pesquisa analisou a relação entre o tempo e os hábitos alimentares. Para isso, mil estudantes participaram dos testes. Todos eles tinham entre 20 e 30 minutos de intervalo, este tempo é para sair da sala, ir ao refeitório, se servir e comer.

Os pesquisadores notaram que os alunos com menos de 20 minutos para comer, ingeriam uma quantidade menor e menos saudável. Todos pegavam verduras, frutas e leite, mas optavam, por falta de tempo, por não comerem tudo o que havia no prato.

Este resultado chamou a atenção dos estudiosos, pois acreditavam que, mesmo com a falta de tempo, todos os estudantes tomariam o leite, produto mais fácil de ser consumido.

Já os alunos com maior tempo para o almoço, comem mais verduras e frutas. Este hábito, por ser praticado diariamente, afeta a alimentação ao longo da vida, afirmam os envolvidos na pesquisa.

Com o resultado, os pesquisadores buscam ajudar as escolas a encontrarem uma maneira de servirem o almoço com maior rapidez, assim restaria um tempo maior para todos se alimentarem corretamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui