Início Saúde Social Tem como envelhecer sem problemas de memória?

Tem como envelhecer sem problemas de memória?

Geriatra explica que cuidados e detecção precoce de doenças podem evitar esquecimentos na terceira idade

200
0

É comum associarmos problemas de memória à velhice. Quando esquecemos algo, justificamos logo com o famoso “estou ficando velho”. Mas é preciso acabar com essa ideia equivocada: a perda da memória não é algo inevitável no processo de envelhecimento.

“Muitas pessoas ainda pensam que é normal um idoso esquecer das coisas, ou mesmo que todo idoso terá Alzheimer. Essas afirmações são falsas e é de extrema importância desmistificá-las”, afirma o geriatra Felipe Bozi, médico da clínica multidisciplinar digital Nilo Saúde.

De acordo com o especialista, a idade não é o único fator determinante para o desenvolvimento de problemas de memória e podemos encontrar pessoas de 90 anos com ótima memória e qualidade de vida, enquanto outras de 70 ou 60 anos irão apresentar problemas de memória que impactam no dia a dia delas.

Segundo o médico, todos temos, efetivamente, uma redução na velocidade de processamento das informações com o passar dos anos. Isso quer dizer que, conforme envelhecemos, precisamos de um maior tempo para ler, reter e compreender novas informações. Também diminui nossa capacidade de atenção dividida, que nos ajuda a desempenhar múltiplas tarefas ao mesmo tempo.

Precisamos entender que parte dos problemas de memória é associada a fatores genéticos que não podemos modificar, mas, em outros casos, é possível atuar para melhorar a situação. De acordo com o médico da Nilo Saúde, um fator importante associado a problemas de memória na velhice é a perda auditiva.

Dicas de como prevenir

Além de acompanhamento médico periódico, todos podemos desde já adotar hábitos saudáveis que nos ajudarão a manter nossas funções cognitivas e nossa memória em excelentes condições futuramente. Confira algumas dicas do médico:

– Praticar exercícios físicos e manter o corpo ativo;

– Tratar doenças crônicas (pressão alta, diabetes);

– Deixar de fumar e de ingerir álcool em quantidades excessivas;

– Manter sempre uma boa sociabilização, tanto com familiares quanto com amigos;

– Manter a mente ativa: assistir a programas estimulantes na televisão, ler ou fazer atividades como sudoku e palavras cruzadas.

Prevenção é o melhor remédio contra qualquer doença. Algumas ferramentas desenvolvidas atualmente estudam nossa hereditariedade e nos dá um overview do que pode ou não ocorrer no futuro.

Uma dessas ferramentas é a da consultoria de benefícios Victory Saúde (victorysaude.com.br). Através dela o RH das empresas pode ter o perfil epidemiológico da população e implantar planos de ação direcionados a prevenir o que pode ser evitado a médio e longo prazo.

Através dessas ferramentas você entende como pode mudar o hoje, para garantir um futuro saudável e feliz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui