Nova legislação já enquadra motoristas que misturam remédios e direção e agora Ministério das Cidades vai regulamentar a fiscalização

O laboratório Abbott decidiu ontem (23) suspender a produção e a venda do Reductil (monoidrato de sibutramina), um dos medicamentos para perder peso mais vendidos do Brasil.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) criou restrições para venda de remédios que contenham sibutramina, presente em remédios para emagrecer. A substância passa a receber a classificação de anorexígena (atua no sistema nervoso central), e a tarja dos medicamentos muda de vermelha para preta.