Início Últimas Notícias São Paulo e Rio de Janeiro prorrogam vacinação contra a gripe

São Paulo e Rio de Janeiro prorrogam vacinação contra a gripe

63
1

Idosos, gestantes e crianças entre 6 meses e 2 anos de idade poderão tomar a vacina até o próximo dia 20 de maio.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e agora a Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec) do Rio de Janeiro, prorrogaram a campanha de vacinação contra a gripe até o dia 20 de maio. A campanha terminaria hoje, dia 13.

São Paulo

Desde o dia 25 de abril, 3,7 milhões de paulistas foram imunizados. Entre os três grupos principais definidos para a vacinação deste ano, as gestantes ainda apresentam menor adesão – menos da metade recebeu a dose.

As crianças entre 6 meses e 2 anos de idade foram as que mais compareceram aos postos, quase 60%. Entre os idosos com 60 anos ou mais foram imunizados 2,7 milhões de pessoas, ou 54,9%.

Vale lembrar que para as crianças são necessárias duas doses da vacina. A segunda deve ser tomada com intervalo de 30 dias após a primeira. Entre os grupos participantes da campanha, também estão os profissionais de saúde e indígenas.

Horário de funcionamento dos postos

Os postos de saúde abrem das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Na capital, as salas de vacina do Instituto Pasteur (avenida Paulista, 393) e dos terminais rodoviários do Tietê e da Barra Funda funcionam das 8h às 20h, inclusive aos sábados e domingos. O hospital estadual Emílio Ribas (avenida Dr. Arnaldo, 156, Cerqueira César) vacinará das 7h às 17h.

“A vacina protege contra uma série de complicações decorrentes da gripe, como as pneumonias. A vacina é segura e não oferece qualquer risco de a pessoa desenvolver gripe”, diz Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria.

Rio de Janeiro

O motivo da prorrogação, orientada pela Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec),  é o baixo índice de cobertura vacinal até o momento. Até a manhã desta sexta-feira, das cerca de 2,7 milhões de pessoas que deveriam se vacinar, apenas 1,2 milhão tinha sido imunizado, menos da metade do público alvo. O imunizante continuará a ser aplicado nos postos de saúde dos 92 municípios fluminenses.

No caso dos idosos que vivem em asilos e não possam ir a um posto de saúde deve solicitar à Secretaria de Saúde de seu município a visita de um agente para que a vacinação seja feita onde mora.

Essa é a 13ª campanha anual de vacinação contra a gripe para pessoas com mais de 60 anos. Estudos apresentados pelo Ministério da Saúde mostram que a vacina contra a gripe reduz em mais de 50% as doenças relacionadas à gripe nos idosos vacinados e 32% do total de hospitalizações por pneumonia.

Duração da Campanha em SP
25 de abril a 20 de maio

Quem será vacinado
Toda a população de 60 anos ou mais, toda a população indígena (acima de 6 meses de vida), crianças com idade entre seis meses e dois anos, gestantes e profissionais de saúde.

Contraindicações
Não deve tomar a vacina quem tem alergia à proteína do ovo. Pessoas com deficiência na produção de anticorpos, seja por problemas genéticos, imunodeficiência ou terapia imunossupressora, devem consultar o médico primeiro.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui