Início Saúde Social Conheça o Google Flu Trends

Conheça o Google Flu Trends

72
1

Não é de hoje que sabemos como o Google sabe utilizar sua ferramenta para algo muito maior do que o mecanismo de busca.

A equipe descobriu que certos termos pesquisados são bons indicadores da atividade da gripe. O Google Flu Trends usa dados agregados da busca para estimar as tendências da gripe ao redor do mundo em tempo quase real.

É fato que para comprovar que estavam no caminho certo foram comparar suas análises com os dados de relatórios obtidos através da vigilância tradicional; o resultado foi satisfatório.

Google Flu Trends

A cada semana, milhões de usuários ao redor do mundo pesquisam informação sobre saúde na internet. Como é de se esperar, há mais pesquisas relacionadas à gripe durante a temporada de gripe e mais pesquisas relacionadas à queimaduras solares durante o verão.

Eles encontraram uma estreita relação entre quantas pessoas buscam tópicos relacionados à gripe e quantas pessoas realmente têm os sintomas. Claro que nem toda pessoa que procura por “gripe” está realmente doente, mas um padrão emerge quando todas as consultas relacionadas são somadas.

Então, você pode pensar em por que se preocupar com a informação da pesquisa se há uma vigilância para fazer quase a mesma coisa. A tradicional vigilância da gripe é muito importante, mas a maioria das agências de saúde se concentra em um único país ou região e apenas atualiza suas estimativas uma vez por semana. O Google Flu Trends está atualmente disponível para um número maior de países ao redor do mundo e é atualizado a cada dia, fornecendo um complemento a estes sistemas existentes.

Detecção precoce de surto

Para os epidemiologistas, este é um desenvolvimento interessante, porque a detecção precoce de um surto da doença pode reduzir o número de pessoas afetadas. Se uma nova cepa do vírus da gripe emerge sob certas condições, uma pandemia poderia surgir com o potencial de causar milhões de mortes (como aconteceu, por exemplo, em 1918).

Segundo o Google, as estimativas atualizadas podem permitir que os funcionários de saúde pública e profissionais de saúde respondam melhor às epidemias sazonais e as pandemias. Os resultados deste sistema foram publicados na revista Nature.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui