Início Últimas Notícias Quarenta operadoras de planos de saúde poderão ser suspensas pela ANS

Quarenta operadoras de planos de saúde poderão ser suspensas pela ANS

40
0

Desde dezembro, após o estabelecimento dos prazos limites para o atendimento de consultas, exames, cirurgias, entre outros, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) faz um acompanhamento para garantir que os prazos são cumpridos.

Nesta terça-feira (03), a agência declarou que está analisando a suspensão das atividades de até 40 operadoras de planos de saúde por descumprimento dos prazos máximos de atendimento. Além disso, a análise mostrou que foram registradas 4.682 reclamações por beneficiários que não tiveram respeitados os prazos de suas solicitações – um aumento de 57% em relação ao trimestre passado.

O acompanhamento atual mostra que 105 operadoras receberam reclamações nos dois períodos analisados. Destas, 40 se encaixam no critério para a suspensão da comercialização dos produtos e planos de saúde. A agência só revelará o nome das operadoras que correm o risco de serem suspensas após comunicar cada uma delas sobre a sua situação.

De acordo com o diretor-presidente da ANS, Mauricio Ceschin, o cliente deve ser a prioridade sempre e quando isso não acontece, a agência toma suas devidas atitudes. “O consumidor deve ter acesso a tudo o que contratou com a sua operadora. Aquelas que não cumprirem este normativo poderão ter a venda de planos suspensa”, diz Ceschin.

Você pode conferir os prazos máximos de atendimento aqui. E caso o seu pedido não seja cumprido dentro do período estabelecido, confira quais atitudes deverá tomar aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui