Início Saúde Ambiental Presos geram energia limpa para sair da cadeia mais cedo

Presos geram energia limpa para sair da cadeia mais cedo

8
1

Se você é mineiro de Santa Rita do Sapucaí, há uma grande possibilidade das suas praças e locais públicos serem iluminadas por prisioneiros. Acontece que no interior de Minas Gerais, existe uma maneira ecológica dos presos reduzirem a sua pena: pedalando. É através desse método que energia elétrica é gerada para iluminar alguns locais da cidade.

A ideia foi inspirada em iniciativas internacionais que o juiz da cidade, José Henrique Mallmann, descobriu na internet. Já existem quatro bicicletas que convertem movimento em eletricidade no pátio do presídio e o objetivo é que logo sejam 10 bikes.

A iniciativa recebeu um nome muito inteligente: Uma Luz para a Liberdade. Os presidiários que pedalam e ajudam a produzir energia limpa para a cidade de Santa Rita ganham em troca redução de pena. A cada 16 horas que passam em cima da bicicleta, são 24 horas a menos vivendo no presídio.

A energia gerada pelas bikes é armazenada em uma bateria e usada, todas as noites, para iluminar uma das principais praças da cidade. Quando os presos já pedalaram o suficiente, em um dia, para fornecer luz ao local durante a noite, um aparelho instalado no guidão das bicicletas indica que é hora de parar de pedalar. O trabalho é, então, suspenso até o dia seguinte.

 Uma maneira interessante de incentivar a sustentabilidade, não acham?

Imagem: Super Interessante

1 COMENTÁRIO

  1. Bem que podiam condenar os mensaleiros a pedalar para iluminar o país. Creio que seria muito mais eficiente do que simplesmente ficarem presos na cadeia se alimentando as custas do povo!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui