Início Últimas Notícias CONARH 2011 Por dentro do automobilismo

Por dentro do automobilismo

67
4
Pilota Zizi Paioli no Conarh 2011
Pilota Zizi Paioli no Conarh 2011

O pai piloto, Marcos Paioli, relutou para levar a filha que, desde os 4 anos de idade, pede para correr. Foi aos 12 que ela decidiu ligar para uma escola de kart para dar seus próprios passos.

Hoje, Zizi Paioli tem 25 anos, é pilota de automobilismo e instrutora do Centro Pilotagem Roberto Manzini. Após quatro anos correndo de kart e ao atingir a idade necessária para participar do curso de competição de carro, 16 anos, ela foi procurar tirar sua carteira de piloto e conciliou o kart ao automobilismo por dois anos, até se dedicar completamente ao último. A carteira de piloto não serve para a legislação normal de trânsito, vale lembrar.

O Blog da Saúde conversou com ela, convidada da Victory Consulting durante o CONARH 2011, e obteve todas as informações para quem se interessa pelo esporte. Atualmente, Zizi corre no Campeonato Mercedes Benz Grand Challenge, que lhe exige dedicação e preparo.

Seu time é composto por oito mecânicos; o pai como chefe de equipe – avisa por rádio acontecimentos que podem estar fora do seu campo de visão; e sua mãe, que cuida de toda a parte administrativa.

Para quem não entende as regras do esporte, as bandeiras nos postos de sinalização são de extrema importância para o dinamismo da corrida. Para dar alguns exemplos, a bandeira amarela significa perigo a frente, como um acidente. A vermelha interrupção da prova e a preta, que vem acompanhada do número do carro, indica que o mesmo foi desclassificado. Mas essas são só algumas, entre várias sinalizações.

Preparo Físico

Ao contrário do que se pode pensar, o preparo para o esporte não tem diferença entre homem e mulher, porque o essencial não é força, mas resistência.

Quando corria de kart fazia também musculação, porque demandava mais força. Atualmente, a preparação é mais aeróbica e envolve alongamento e corrida, atividades para as quais ela conta com a ajuda de um treinador físico com uma proposta bem específica para a modalidade. Pescoço e braços são duas regiões bem trabalhadas nesse caso.

Os cuidados na alimentação envolvem evitar carne no final de semana da competição, pois diminui os reflexos, e ingerir carboidratos, além de muita água.

O carro é equipado com uma mini geladeira contendo gelo seco e os pilotos usam camiseta especial que faz a refrigeração durante a corrida. Os treinos ocorrem normalmente três vezes por semana e cinco vezes na semana que antecede uma competição.

Para quem quiser começar, Zizi indica o curso de pilotagem (que ela mesma fez) onde hoje é instrutora. Lá, eles cedem o carro e a vestimenta juntamente ao treinamento necessário.

No Brasil, ocorrem 160 mortes por dia no trânsito, conta. Por isso, a recomendação da pilota para quem ama velocidade, é deixar a paixão para as pistas de corrida, onde certamente haverá o preparo necessário para evitar qualquer risco.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui