Início Saúde Física Pesquisadores relacionam fumo com menopausa precoce

Pesquisadores relacionam fumo com menopausa precoce

77
0

Pesquisa estadunidense mostra que mulheres fumantes crônicas ou habituais têm maior chance de entrar mais cedo na menopausa.

Os pesquisadores utilizaram dados do Women’s Health Initiative, ampla pesquisa sobre saúde feminina, para analisar a relação entre menopausa precoce e o fumo. A análise feita sobre a saúde de 79 mil mulheres indicou que aquelas que fumavam desde os 15 anos entraram na menopausa em média 21 meses mais cedo do que as não-fumantes.

Todas as mulheres já estavam na menopausa quando participaram da pesquisa. Elas responderam a questionários sobre o tempo que já estavam fumando e a quantidade de cigarros, além, é claro, da época em que a menopausa teve início.

Notou-se que as mulheres que fumavam mais de 25 cigarros por dia tiveram a última menstruação 18 meses mais cedo do que as não-fumantes. As fumantes passivas, que não-fumantes que vivem com quem fuma, também entravam mais cedo na menopausa.

Os cientistas afirmaram que os resultados foram confirmados mesmo ao considerar fatores como consumo de álcool e contraceptivos orais, nível educacional e raça.

Eles também indicaram que as toxinas no tabaco podem alterar a estrutura de hormônios reprodutivos importantes, como o estrógeno, prejudicando a saúde reprodutiva.

Os pesquisadores ainda buscam compreender as consequências a longo prazo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui