Início Saúde Física coronavírus Pandemia da COVID-19 intensifica alerta do Junho Vermelho para importância das doações...

Pandemia da COVID-19 intensifica alerta do Junho Vermelho para importância das doações de sangue

213
0

Pandemia da COVID-19 intensifica alerta do Junho Vermelho para importância das doações de sangue

Com a pandemia da COVID-19 ainda em ritmo de crescimento no Brasil, Junho Vermelho, mês dedicado à conscientização da importância de doação de sangue, ganha força. O afastamento social imposto pelo cenário atual trouxe consigo o receio da população em manter as doações voluntárias em serviços de hemoterapia, o que fez com que os estoques de sangue usado para outras doenças e procedimentos caíssem significativamente.

“A população precisa ter claro que doação de sangue, tão essencial para salvar vidas, não representa nenhum risco aos doadores de sangue. Basta que se tome os cuidados gerais referentes a evitar situações de aglomerações”, explica o Dr. Dante Langhi, presidente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH).

Langhi orienta ainda para que as pessoas dispostas a fazerem doações de sangue voluntárias entrem em contato com os bancos de sangue para agendamento prévio do procedimento. “Os bancos de sangue, por sua, devem estar organizados neste sentido para evitar aglomerações”, completa.

Campanha com a CBF

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a ABHH, entre outras frentes, está mobilizada com o objetivo de intensificar as doações de sangue. Além de um vídeo publicado nas redes sociais, com discurso de Dante Langhi alertando para a urgência, a ABHH firmou uma parceria com a CBF, com o apoio de outras entidades – Associação Paulista de Medicina (APM), Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (ABRALE), Associação Brasileira de Talassemia (ABRASTA) e MTM Tecnologia – e lançou a campanha Nosso Sangue Verde e Amarelo.

A partir da campanha, são organizados mutirões de doação de sangue em estádios de futebol que, neste momento, não estão em uso. A primeira aconteceu entre nos dias 7, 8 e 9 de abril na Arena Corinthians, em Itaquera, na cidade de São Paulo (SP), e reuniu mais de mil doadores. Mais recentemente, de 26 a 28 de maio, a segunda ação aconteceu no Allianz Parque, também em São Paulo, e contou com a participação de cerca de 1 mil doares.

Novas ações em estádios estão em negociação em outras regiões do País. Outra ação em discussão é uma parceria com o Facebook para uso de funcionalidades da rede social para engajar os usuários à doação.

Sobre a ABHH

A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) é uma associação privada para fins não econômicos, de caráter científico, social e cultural. A instituição congrega médicos e demais profissionais interessados na prática hematológica e hemoterápica de todo o Brasil. Hoje, a instituição conta com mais de dois mil associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui