Início Saúde Ambiental Opte pelas embalagens de vidro

Opte pelas embalagens de vidro

71
2

O vidro é um material milenar e sempre foi símbolo de nobreza e elegância. E a embalagem (potes para alimentos, frascos, garrafas, produtos farmacêuticos) é uma das mais antigas e frequentes aplicações do material.

É possível colocar qualquer tipo de produto em uma embalagem de vidro, mas ela não põe nada de si nos alimentos. Em um pote de geléia, por exemplo, há só geléia, nenhuma molécula de vidro. E assim ocorre com o mel, com o leite ou com o molho de tomate.

Entre seus atributos, está a singular capacidade de barrar gases. Pois o CO2 que é dissolvido no produto não passa pelo vidro, o que acontece em alguns tipos de materiais. Diferentemente de alguns tipos de embalagens plásticas e latas, o vidro não libera ftalatos, nem contém bisfenol A.

Sendo assim, o conteúdo não sofre alteração de sabor, odor, cor ou qualidade porque ele é 100% inerte, neutro, e tem alta resistência química – até por ser um composto totalmente natural (fusão de três minerais: cálcio, sódio e areia).

O vidro possui alta estabilidade térmica, então pode ser aquecido e resfriado sem nenhuma interação ou troca com o produto nele armazenado, que, por conta dessas características, pode ter a vida útil até dobrada.

Benefícios

•    Reciclável, Retornável, Reutilizável;

•     Higiênico: por ser fabricado com elementos naturais, ele protege os produtos por mais tempo e dispensa a utilização de conservantes adicionais;

•    Impermeável: não é poroso e funciona como uma barreira contra qualquer agente exterior, mantendo assim os produtos mais frescos, aumentando a vida útil em relação a outros tipos de embalagens;

•    Resistente: mudanças bruscas de temperatura e umidade não são um problema para as embalagens de vidro;

•    Transparente: o consumidor visualiza o que pretende comprar. Os produtos ganham uma imagem confiável;

E tem coisa mais charmosa e saborosa do que aquele leite em garrafa de vidro? Quem pensa que isso é coisa do passado está redondamente enganado. Pois algumas empresas já estão unindo esse conceito tradicional às novas realidades e necessidades do mercado.

Modernidade

Com tecnologia do futuro, mas um design saudosista – As embalagens de vidro estão sendo eco-projetadas. O uso dos recursos naturais já está sendo otimizado, o que reduz em 15% a emissão de CO2. Algumas das garrafas no mercado já são até 30% mais leves do que as antigas.

Produzidas com um peso cada vez menor, sem perder suas características originais, permitem melhor desempenho ambiental da logística de transporte e distribuição.

Reciclagem

O vidro é 100% reciclável e não poluente – Completando esse ciclo alinhado e sustentável, estão as diversas ações de reciclagem e a recuperação do que já foi utilizado. De um pote é possível que seja feito outro exatamente igual sem adições, apenas retornando-o ao forno.

Com um quilo de caco se faz um quilo de vidro, assim há redução no gasto de energia e diminuição na retirada de matéria-prima da natureza.

As embalagens desse material também têm a vantagem de poderem ser retornáveis e utilizadas diversas vezes.

Nesse ciclo todos saem ganhando: a sociedade, o meio ambiente e a própria indústria. Porque além de ser uma atividade lucrativa, a reciclagem também apresenta um importante caráter social por apresentar geração de empregos e, consequentemente, de renda, que beneficia camadas mais carentes da população.

Fonte: Guia de Embalagens para Produtos Orgânicos do Instituto de Embalagens.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui