Início Últimas Notícias O record não foi batido!

O record não foi batido!

58
0

As chuvas tomaram conta da capital e de todo o estado de São Paulo em todos os dias do primeiro mês de 2010. As consequências foram uma grande quantidade de desabamentos de terra, pessoas ilhadas no meio das principais avenidas, e mortes, que foram as consequências mais graves. 

Segundo a Defesa Civil, sete pessoas morreram na capital e 68 em todo o estado, vítimas dos temporais desse verão. Mas as previsões para fevereiro trazem uma boa notícia para os paulistas.

O segundo mês do ano não será tão chuvoso quanto janeiro, e hoje a previsão é de sol entre nuvens, calor de 30° e diminuição dos riscos de chuva.

Quase um record!
A imprensa só falou das chuvas que caiam em São Paulo nesse mês, e a pauta que mais fazia parte dos telejornais era o record que a capital poderia bater: o de maior volume de água no mês de janeiro.

Mas por apenas 1 mm a capital não bateu o record de 1947 – desde 1943 quando as medições começaram a ser realizadas pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) – quando choveu 481,4 mm.

Confira os maiores indíces de chuva resgistrados em janeiro na cidade de São Paulo:

Divulgação do Portal R7

“Já que esse mês será menos chuvoso os paulistas não precisaram se preocupar
tanto com o kit sobrevivência de guarda-chuva e bote salva-vidas”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui