Início Saúde Física coronavírus O perigo do álcool em gel para as crianças

O perigo do álcool em gel para as crianças

Os cuidados necessários para que as crianças não sofram lesões causadas pelo uso inadequado do álcool em gel.

186
0

Este ano nosso maior aliado é o álcool em gel. Agora ele está presente em todos os lugares, a fim de nos proteger contra o novo Coronavírus. Mas cuidado! Segundo a Nota Técnica 12/2020 da Anvisa, de janeiro a abril deste ano foram registrados 108 casos de intoxicação pelo produto. Enquanto em 2019 foram registrados 17, e em 2018, 15 casos. Desses 108 casos, 88 deles envolveram o público infantil. Isso mostra o quão importante é orientarmos as crianças durante a aplicação, principalmente ao contato das mãozinhas dos pequenos com os olhos.

O doutor André Borba, oftalmologista especialista em oculoplástica pela Universidade da Califórnia, alerta sobre os riscos do contato do álcool em gel com o globo ocular. O álcool causa queimaduras tão graves que levam à cegueira.

Por tanto, com as crianças todo cuidado é pouco. Elas não sabem a gravidade disso e a curiosidade aguçada pode colocá-las em perigo. Limite o acesso delas ao álcool e ensine-as a aplicar de forma correta e segura. Sempre com o acompanhamento de um adulto.

Explique o momento em que estamos vivendo e como se prevenir. A forma correta de lavar as mãos e os cuidados necessários no dia a dia e contato com os outros. Caso o contato com os olhos ocorra mesmo assim, lave-os instantaneamente e leve ao médico o mais rápido possível.

Todos juntos e no mesmo propósito, garantimos a segurança e o bem-estar das nossas crianças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui