Início Últimas Notícias Mioma: tratar ou não?

Mioma: tratar ou não?

38
0

Um estudo realizado no Reino Unido sugere que o tratamento do mioma por embolização pode acarretar em mais chances de abortos, cesáreas e sangramentos pós-parto.

Na grande maioria das vezes, o diagnóstico precoce de uma doença é fundamental para que não se desenvolva e facilite seu tratamento. Porém, antes de um diagnóstico “antecipado” é preferível um diagnóstico preciso e realizado por um especialista. Isso porque, em certos casos, o tratamento pode trazer conseqüências iguais aos efeitos da doença. 

O mioma é um tumor benigno originado do tecido muscular liso de diversos órgãos, e muito comum no útero. Sua aparição está associada ao aumento do estrógeno, hormônio feminino, por isso ele pode aumentar ou se multiplicar durante a gravidez. Nesta situação, o mioma pode prejudicar a gestação determinando gravidez ectópica, sangramento, aborto, parto prematuro, etc.

O tratamento pode ocorrer através de medicamentos, cirurgia ou embolização. Porém, nem sempre é aconselhado, depende da aparição ou não de sintomas, localização, tamanho e quantidade.

Antes de se submeter a um tratamento descubra junto a um especialista qual é o seu caso!
.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui