Início Saúde Social Método que evita infecção por HIV poderá ser adotado pelo SUS

Método que evita infecção por HIV poderá ser adotado pelo SUS

130
0

Quando uma pessoa está mais vulnerável à exposição ao vírus da Aids, uma combinação de antirretrovirais é dada durante dias. Este método que evita a infecção por HIV pode ser incorporado ao SUS, segundo proposta apresentada pelo Ministério da Saúde.

O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais prepararão um protocolo clínico que será encaminhado à Comissão de Incorporação de Tecnologia no SUS até o fim deste ano.

A expectativa é que 10 mil pessoas sejam atendidas no primeiro ano de incorporação. O objetivo é destinar o método a pessoas com alto risco de infecção pelo HIV. No entanto, não foram detalhados o perfil dos grupos que serão beneficiados.

De acordo com matéria publicada no G1, a profilaxia pré-exposição é recomendada pela Organização Mundial da Saúde desde 2014 e sua eficácia foi comprovada a partir de testes clínicos.

Aids no Brasil

Relatório publicado pela Unaids (agência da ONU para Aids) mostrou que o Brasil é o país com maior número de novos casos de HIV na América Latina. Segundo pesquisa, entre 2010 e 2015 houve um crescimento de 4% nas novas infecções por HIV no País, o que representa 40% nos novos casos da América Latina e Caribe. No resto do mundo, os números continuaram estáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui