Início Saúde Social Médicos doam horas de trabalho

Médicos doam horas de trabalho

82
0

78463851

Presente em São Paulo desde dezembro de 2012, o projeto Horas de Vida foi lançado no Rio de Janeiro nessa semana. A iniciativa reúne médicos de diversas especialidades que se propõem a doar horas de trabalho para pacientes com baixo poder aquisitivo.

Em São Paulo, a iniciativa conta com cerca de 250 inscritos, entre médicos de 25 especialidades e profissionais de outras áreas da saúde, como psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas. As horas doadas podem ser utilizadas para consultas ou em palestras e discussões.

No Rio, o projeto tem previsão de começar a atender ainda esse ano. As consultas serão agendadas em até uma semana, por meio de cadastro online. A Triagem é feita com a ajuda de instituições parceiras do projeto, estão cadastradas na unidade carioca as entidades Saúde Criança e AfroReggae. A ação atende pessoas de todas as idades, com a obrigatoriedade de que sejam de baixa renda. Não são realizados atendimentos emergenciais, somente consultas, exames e doação de óculos.

O projeto, fundado pelo clínico-geral e geriatra João Paulo Nogueira Ribeiro, tem como intuito formalizar os atendimentos gratuitos, os quais muitos médicos já exerciam, e atender as demandas das populações carentes locais. As consultas são realizadas nos consultórios particulares dos profissionais e não há garantia de que o mesmo médico acompanhe todo o tratamento.

Para participar da iniciativa, os médicos devem se cadastrar no site do programa e informar a quantidade de horas a serem doadas e a disponibilidade para frequência do atendimento. Por ser contínuo, e não em esquema de mutirão, os profissionais devem disponibilizar horas com periodicidade.

Participam do projeto médicos renomados como Drauzio Varella, em São Paulo, e Paulo Niemeyer, no Rio.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui