Início Saúde Física Mais mortes associadas ao uso de pílula anticoncepcional da Bayer

Mais mortes associadas ao uso de pílula anticoncepcional da Bayer

350
0
pilula_yasmin_yaz-imgCTVNEWS
Foto: CTV NEWS

Depois do caso Diane-35, anticoncepcional do laboratório Bayer que foi associado a mortes na França e teve venda suspensa no país, outro medicamento deste tipo também pode ter causado mortes de mulheres no Canadá.

Ao menos 23 canadenses que tomavam pílulas anticoncepcionais de uso frequente morreram, em sua maioria devido a coágulos no sangue, de acordo com documentos do ministério da saúde do Canadá, informou o jornal Folha de S. Paulo. As mortes ocorreram entre os 600 casos reportados de reações adversas aos medicamentos desde 2007.

Os médicos e farmacêuticos, que são obrigados a notificar as reações aos medicamentos, suspeitam que as pílulas Yaz e Yasmin, também produzidos pelo laboratório alemão Bayer, foram as causadoras dessas mortes.

Dos 23 casos, 13 estavam relacionados ao uso da pílula Yasmin e outros oito ao medicamento Yaz. A maioria das pacientes tinha menos de 26 anos e a mais nova delas morreu aos 14.

Na época do Caso Diane-35, o Blog da Saúde fez diversas matérias sobre o tema. Um dos principais pontos debatidos entre os profissionais de saúde foi que o risco no uso de anticoncepcional – assim como qualquer outro medicamento – está na AUTOMEDICAÇÃO.

blog_piscandoVermelhoE mais: as mulheres que tomam pílula com acompanhamento médico não devem entrar em pânico. Caso note algum efeito adverso (veja quais são aqui), procure o seu ginecologista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui