Início Saúde Física Estudo mostra que o macarrão pode ajudar a melhorar a saúde

Estudo mostra que o macarrão pode ajudar a melhorar a saúde

56
0

A dieta mediterrânea é benéfica para a saúde do coração, pois diminui o risco de doenças coronárias e reduz o colesterol ruim. Mas não são apenas estes os benefícios, há uma redução de incidência do Mal de Alzheimer e do Parkinson. Há também evidências sobre a ingestão de nozes e azeite de oliva ajudar a evitar o câncer de mama.

Este tipo de dieta, baseada na alimentação da população dos países mediterrâneos, constitui-se a partir das seguintes ideias:

  • Comer predominantemente alimentos plantados;
  • Ao invés de manteiga, consumir azeite de oliva e óleo de canola;
  • Usar mais condimentos (como orégano, alecrim etc) do que sal;
  • Comer carne vermelha pouquíssimas vezes por mês;
  • Comer frango ou peixe duas vezes por semana;
  • Realizar refeições com amigos e familiares;
  • Beber vinho tinto com moderação (opcional);
  • Realizar exercícios físicos regularmente.

Um ingrediente da dieta mediterrânea que costuma ser removido é o macarrão. No entanto, se os resultados de um estudo recente se confirmarem, esta omissão poderá ficar no passado.

Em geral, qualquer um que busque perder peso irá reduzir a quantidade de macarrão ingerido. Mas um estudo publicado no jornal Nutrition and Diabetes encontrou exatamente o oposto.

O estudo, realizado pelo Departamento de Epidemiologia, da I.R.C.C.S. Neuromed, em Pozzilli, na Itália, ocorreu em dois momentos para analisar a relação entre o consumo e o peso das pessoas.

Foram coletados dados por meio de questionários em várias regiões da Itália. Foram coletadas informações sobre hábitos alimentares, as influências, consciência dos tópicos da dieta e as razões atrás das escolhas alimentares. Ao todo, mais de 9 mil pessoas deram informações.

Ao analisar os dados dos participantes, notou-se que, ao contrário do imaginado, o macarrão não está associado ao peso corporal, mas, sim, contribui para a saúde do índice da massa corporal (IMC), redução da circunferência da cintura e melhora da relação cintura-quadril.

Para os amantes de uma bela macarronada, esta é uma ótima notícia. Mas, como qualquer outro componente da dieta, moderação é a chave para o sucesso.

As informações são do Medical News Today

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui