Início Saúde Ambiental Para o show continuar, é preciso pedalar!

Para o show continuar, é preciso pedalar!

64
2

Já ouviu falar de cinema Drive-in? Nas décadas de 50 e 70, era muito popular e levava muitos casais e grupos de amigos a assistirem filmes ao ar livre ou dentro de seus carros.

Agora, imagine um Drive-in sem carros e no lugar deles coloque bicicletas. O nome disso é Cycle-in Cinema, um projeto verde criado pelo Magnificent Revolution, em Londres.

O Cycle-in Cinema pode divertir muitos, mas sua principal função é educar. Toda a energia utilizada para manter a projeção funcionando é gerada pelo público que pedala e assiste ao filme ao mesmo tempo. Os espectadores aprendem sobre o consumo de energia ao acompanhar um display que mostra quanta energia eles estão produzindo e consumindo ali.

Imagem: Magnificent Revolution

Desde 2007, o Magnificent Revolution tem ajudado as pessoas a entenderem o uso da energia, o seu processo de produção e por que ela pode prejudicar o meio ambiente, causando mudanças climáticas. É um guia para a população que procura soluções positivas e um estilo de vida com menos carbono.

Além do cinema, o método também é usado em eventos de música. Para o show continuar, é preciso pedalar! Todos os microfones, instrumentos elétricos e amplificadores ficam ligados através da produção de energia 100% humana.  Além de ajudar o meio ambiente, cria um elo direto entre a audiência e a banda.

Veja como é essa experiência!

 

Esses eventos podem ocorrer em qualquer lugar: parques, coberturas, escolas, campos… Será que os brasileiros trocariam as cadeiras confortáveis do cinema e a pista de um show por um assento de bicicleta e muito esforço?

A banda brasileira CO2 Zero aderiu essa mania. Os shows são sustentados por pedaladas e o objetivo é ensinar a educação ambiental.

“As pessoas saem do nosso show sabendo que é possível ter essa geração de energia, sabendo que pode ser sustentável, sabendo que ela pode fazer alguma coisa pelo meio ambiente,” diz o guitarrista da banda, Reginaldo de Oliveira.

2 COMENTÁRIOS

  1. […] Pedalar pode diminuir em 50% os riscos de desenvolver doenças cardíacas coronárias, diabetes e obesidade. Também reduz em 30% o risco de desenvolver hipertensão. Importante para as mulheres, andar de bicicleta previne a osteoporose, que pode trazer consequências sérias em quedas na terceira idade. É um estímulo aos músculos e ao sistema imune (aumenta o número de glóbulos brancos). […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui