Início Saúde Física Escolha do calçado correto pode prevenir contusões durante a prática de exercícios

Escolha do calçado correto pode prevenir contusões durante a prática de exercícios

88
1

Feamale RunnerA caminhada e a corrida estão entre as atividades físicas mais praticadas, no entanto, o que muita gente desconhece é que o impacto gerado nessas atividades pode ocasionar lesões e  problemas ortopédicos.

Rogério Teixeira, especialista do Núcleo de Ortopedia do Hospital Samaritano de São Paulo, explica que basicamente o joelho pode sofrer dois tipos de problemas no esporte: contusões – que são traumas diretos, em decorrência de pancadas, mais comuns nos esportes de contato; e torções – que ocorrem de forma indireta, na maioria das vezes, quando o pé está fixo no chão e a perna roda torcendo o joelho.

Teixeira afirma que as contusões podem ocasionar problemas nos tendões (agudos) ou nos ossos do fêmur e da tíbia, sendo os mais comuns os edemas ósseos, que são inflamações da medular óssea (a parte mais interna do osso). “Apesar das contusões também serem responsáveis por outras lesões, geralmente são mais fáceis e rápidas de tratar. Já as torções podem causar lesões mais graves: lesão de menisco; lesão do ligamento cruzado anterior; e lesão da cartilagem articular”.

Mas o que muitos de nós não pensamos é que  o uso de um tênis adequado pode ajudar, e muito, a evitar esses malefícios. “Os problemas causados pelo uso de calçados inapropriados ocasionam dores articulares o que, geralmente, torna-se um alerta para evitar as lesões degenerativas”, explica José Lourenço Kutzke, fisioterapeuta e professor da Faculdade Inspirar.

Uma dica do fisioterapeuta é ficar atento aos pontos de maior calosidade, já que o calo é provocado, na maioria dos casos, por uma força excessiva no local o que, consequentemente, podem resultar em contusões mais sérias. “O uso de tênis impróprio pode provocar problemas como artrose de tornozelos, joelhos, quadril e lesões discais da coluna”. Kutzke ensina ainda que o amortecimento jamais pode ser escasso, todavia, também não pode ser em grande quantidade, pois pode tornar a pisada instável nos movimentos repentinos.

blog_piscandoCOMO ESCOLHER O TÊNIS CORRETO?

Os tênis têm, em média, uma vida útil de aproximadamente 500 km e algumas características são capazes de evitar os vários tipos de danos ao corpo. “Aspectos como o conforto, a flexibilidade e boa qualidade de aderência do solado com o chão são ‘ferramentas’ parceiras na prevenção das lesões geradas pela pressão durante a pisada”, afirma José Lourenço Kutzke.

Conhecendo os calçados

Os tênis são subdivididos em várias partes:

  • O cabedal: é o responsável por estabilizar o calcanhar e o tornozelo. Porém, o formato deve conter um recorte que não machuque o chamado tendão de Aquiles.
  • O amortecedor: é o responsável por diminuir o primeiro impacto da pessoa contra o chão, no momento da pisada.
  • As palmilhas: têm a finalidade de absorver a transpiração.
  • O solado: oferece aderência adequada à superfície percorrida.
  • A Entressola: faz parte do sistema estrutural do tênis e tem o papel fundamental de distribuir o peso do corpo por toda a estrutura do calçado, trabalhando em conjunto com o sistema de absorção de impacto [amortecedores]. Em alguns tênis a entressola é considerada uma ferramenta importante na prevenção de lesões geradas pela pressão.

Cinco dicas para adquirir o tênis ideal

  • Conforto
  • Observar a tecnologia entre a entressola e o amortecimento
  • Finalidade da prática esportiva
  • Analisar se há um aspecto patológico
  • Sempre que possível optar pelos tênis com pisadas neutras

“Mesmo possuindo no armário dois tênis da mesma marca e modelo, mas com tecnologia de amortecimento diferente, há a necessidade de intercalá-los nos dias da semana, pois pode existir uma demora de até 24 horas na recuperação do calçado para o uso” alerta o fisioterapeuta.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui