Início Saúde Social E se a letra de mão desaparecer?

E se a letra de mão desaparecer?

73
1

Os cadernos de caligrafia fazem parte da infância de todo mundo que a essa altura, já sabe ler e escrever. São horas e mais horas dedicadas a colocar as letras nas linhas e a deixá-las com a curvatura necessária para ser legível – fator que pode deixar a nota no vermelho caso a mensagem fique cheia de ‘garranchos’.

A pedagogia moderna trouxe à tona uma questão que divide educadores e pais: ainda deve-se exigir que as crianças escrevam com letra cursiva?

Há prós e contras. Além dos cadernos de caligrafia não serem mais tão presentes como antigamente, os computadores e a internet contribuíram para que a letra de imprensa se tornasse mais presente nas nossas vidas.

Especialistas a favor da alfabetização com a letra de forma, explicam que esse método é importante porque as crianças podem perceber a individualidade de cada letra e som, já que na forma ‘emendada’ fica um pouco mais difícil. Há também aqueles que alegam que a forma cursiva se mantém por pura tradição e os mais radicais, acreditam que o cansaço e demora para aprendê-la pode levar a desmotivação.

Por outro lado, como escrever ‘em tempo real’ para acompanhar a escola? Muitas vezes são as próprias crianças que ficam ansiosas para aprender a escrever como os adultos.

Para alguns neurocientistas, a cursiva cria habilidades cognitivas específicas e ajuda a criança a ter fluência. Enquanto outros, acreditam que se a ‘letra de mão’ desaparecer, as habilidades serão apenas substituídas, sem nenhum problema.

E você o que acha? É importante que as crianças aprendam a escrever dos dois modos?

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui