Início Saúde Mental Dicas de Yoga Integral para adolescentes em crise

Dicas de Yoga Integral para adolescentes em crise

27
2

“Outro dia acordei com uma amiga desesperada ao telefone. O filho dela de dezessete anos estava no meio de uma crise de estresse e ela não sabia o que fazer. Já havia levado ao psicólogo, tentado descobrir o que era, mas o rapaz não se abria. Fiquei surpresa ao saber que ele, assim como muitos jovens da mesma idade, não sabe o que fazer com tantos compromissos. Estava cansado, pressionado, estressado, e perdido com tantos afazeres”, conta Wal Nunes, professora de Yoga Integral, ao descobrir que estresse não é só para marmanjos.

A transição da infância para a vida adulta pode perturbar – e muito. Cobranças escolares, exigências familiares, pressão social, vestibular, solidão, aulas de música, arte marcial, natação, entre outras atividades, assim como o próprio desenvolvimento físico, podem desencadear o estresse, desenvolvido pela ansiedade e insegurança. As incertezas que os jovens vivenciam os fazem cada vez mais fechados, o que contribui para o desequilíbrio emocional.

Infelizmente, não aprendemos na escola a ter o controle dos nossos pensamentos e emoções. Nem que respirar profundo, e parar algumas horas para nos observar, ajuda a entender melhor e ganhar controle de qualquer situação de estresse ou perda.

Conversas constantes, psicólogo ou terapeuta podem ser soluções para este problema, mas podem levar algum tempo. Um meio fácil, rápido e prático que pode ajudar estes adolescentes é o Yoga Integral, podendo ser realizado individualmente ou em grupo.

O Yoga Integral nos ensina que quanto mais cedo aprendermos a conhecer nosso corpo e mente, mais desenvolvidos e felizes seremos na fase adulta. Pensando nisso, Wal Nunes preparou uma série de dicas para os jovens em época de vestibular, e para os pais, lidarem com a situação:

1 – Respiração

Além de liberar toxinas do corpo, ela ajuda a manter a calma e paz de espírito. Experimente por um minuto alinhar a coluna e observar sua respiração. Não faça nada. Deixe o ar entrar até o abdome e sair naturalmente. Sentiu a diferença?

Experimente também fechar uma narina e respirar só por uma, depois faça o mesmo com o lado contrário. Os exercícios de respiração, além de ajudar a controlar a ansiedade, esvaziam a mente das preocupações, auxiliando e facilitando o cérebro a memorizar.

2- Postura

A postura ajuda muito a manter o equilíbrio do corpo, da mente e emocional. Mesmo passando muito tempo sentado, mantenha sempre a coluna ereta. Quando estiver mergulhado na leitura e nos livros, procure sempre observar como o seu corpo se encontra. Mantenha sempre a coluna alinhada, pois ela é responsável por manter o eixo, dando disponibilidade e energia para encarar as provas e os desafios que estão por vir.

3- Ásanas

Excelente para quando estiver muito cansado. Sem levantar da cadeira, pode ser feito antes da prova, nas aulas ou em casa, onde quiser. Para relaxar: inspire, levante os dois ombros como se quisesse alcançar a orelha. Solte o ombro e todo ar pela boca ao expirar. Repita três vezes.

Inspire e traga os dois braços acima da cabeça. Respire, alongando a coluna de um lado para o outro, direcionando as mãos esticadas para o lado esquerdo, e depois para o direito. Procure alongar todo o braço e relaxar o ombro, trabalhando o alinhamento da coluna na postura.

Wal Nunes ensina a alongar os braços

Na hora da prova, pare entre uma prova e outra e alongue as mãos como na foto abaixo, sempre se lembrando de inspirar e expirar profundo, mantendo a coluna alinhada.

A professora ensina a alongar as mãos

Para ajudar a colocar as emoções para fora, o Ásana trabalha o ponto cardíaco, além de aliviar o peso que carregamos nos ombros, ajudando a controlar o emocional.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui