Início Saúde Financeira Compras pela internet? Atenção às dicas

Compras pela internet? Atenção às dicas

60
0

Evitar aquela “olhadinha” na promoção se não for comprar, entrar apenas nos estabelecimentos que realmente interessam, avaliar a real necessidade de determinada compra. Essas são apenas algumas dicas para evitar a compra por impulso nas lojas físicas.

Mas e na internet? E-consumidores também estão sujeitos às compras impulsivas?

Tentação em um clique

Nas lojas físicas, as pessoas extrapolam mais do que na web, mas não é porque estão fisicamente distantes que estão livres da compra por impulso.

A diferença é que, na web, o consumidor está menos envolvido sensorialmente do que na loja física e, por isso, é mais fácil evitar compras por impulso na rede. No entanto, a facilidade, rapidez e segurança de ter o que precisa (e muito mais) em “apenas um clique” podem acender o espírito consumista de qualquer um. Mas é possível evitar!

Compre consciente

Apesar das facilidades da compra virtual, é possível controlar a impulsividade e comprar de forma consciente na rede. Saiba como:

  • Pesquise: assim como nas lojas físicas, a pesquisa de preço também é indicada na internet. Assim, pesquise em várias lojas antes de efetuar a compra. Se for uma vontade momentânea, ela deve passar enquanto faz essa busca.
  • Defina: compre apenas o que realmente precisa. Evite a tentação de comprar determinado produto só porque ele aparece entre os mais vendidos ou porque ele está com aquele preço promocional imperdível.
  • Confira: como não dá para sentir e tocar o produto, pesquise as características dele, verifique se estão de acordo com sua necessidade e não compre apenas para seguir a moda.
  • Pense: evite comprar rapidamente. Crie o hábito de pensar e avaliar a compra antes de efetuá-la. Normalmente, quando a compra é mais por vontade do que por necessidade, quando você dá uma pausa, você evita agir por impulso.

Na rua ou na rede, o importante é planejar. Ser consciente na hora das compras evita gastos desnecessários, dores de cabeça e faz muito bem para a saúde… do seu bolso!

Fonte: Finanças Práticas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui