Início Saúde da Mulher Como funcionam as camisinhas femininas

Como funcionam as camisinhas femininas

51
1
Imagem: Shutterstock

A camisinha feminina voltará a ser distribuída pelo Ministério da Saúde. Ela tem a mesma função da camisinha masculina. Em 99% dos casos, é eficaz na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e em 90% das vezes ajuda a prevenir a gravidez não desejada.

O preservativo para mulheres é como se fosse uma bolsa de15cm de comprimento e 8 de diâmetro que possui dois anéis. Ele é feito de um material mais fino que o látex da camisinha que envolve o pênis e também recebe mais lubrificação.

Os cuidados devem ser os mesmos tidos com a camisinha masculina, como armazenar afastado do calor e observar a integridade da embalagem e o prazo de validade.

Para colocá-lo corretamente, a mulher deve encontrar uma posição confortável (em pé com um dos pés apoiado em uma cadeira, sentada com os joelhos afastados, etc.). Como instrui o Ministério da Saúde, “o anel móvel deve ser apertado e introduzido na vagina. Com o dedo indicador ele deve ser empurrado o mais profundamente possível para alcançar o colo do útero; a argola fixa (externa) deve ficar aproximadamente 3 cm para fora da vagina”. O preservativo feminino pode ser introduzido até 8 horas antes de o ato sexual acontecer e ser retirado com tranquilidade após a relação.

Não use a camisinha feminina juntamente com a masculina. É normal que a camisinha se mexa com os movimentos do pênis. Contudo, se o anel externo estiver sendo puxado para dentro, é necessário segurá-lo ou colocar mais lubrificante.

O preço da unidade varia de R$ 7,50 a R$ 10. Uma caixa com duas custa, em média, R$ 15. A distribuição das camisinhas femininas através do SUS ocorrerá a partir de maio e levará em consideração critérios como a vulnerabilidade das mulheres à doença sexualmente transmissíveis, AIDS e hepatites virais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui