Início Saúde Física Estética Com a chegada do inverno, a pele precisa de atenção especial!

Com a chegada do inverno, a pele precisa de atenção especial!

82
1

Durante a época mais fria do ano, os cuidados com a pele devem ser redobrados! A tendência é a pele ser mais atingida por variações térmicas. O tempo frio, a baixa umidade e o vento podem causar ressecamentos, irritações e até descamações em algumas partes do corpo, uma vez que a hidratação natural é prejudicada pelas baixas temperaturas.

Lábio, rosto, pescoço, colo, braços, mãos e pés são as partes mais atingidas, já que são as áreas mais expostas.

Hidratação já!

Nesta época do ano, a preocupação com a hidratação deve ser redobrada, tanto interna quanto externamente.

A interna é realizada por meio do suor, que constituído por água e sais minerais, atravessa as várias camadas da pele. A externa é consequência de produtos farmacêuticos e cosméticos.

No verão, as altas temperaturas fazem com que o corpo produza mais suor, mantendo a pele sempre hidratada. Já no inverno, a produção de suor diminui e o corpo deixa de contar com essa alternativa de hidratação, sendo fundamental o uso de hidratantes. O ideal é usá-los após o banho.

Os óleos corporais trifásicos também ajudar, evitando que a pele perca água, mas não substituem os hidratantes.

Beber bastante água diariamente também é importante. Dois litros por dia não é uma sugestão a ser seguida apenas em dias quentes! Vale ressaltar que a hidratação é feita de dentro para fora, portanto, mesmo sem sede, a água se torna um componente fundamental para a saúde da pele.

Durante o banho, atenção à temperatura!

A água deve ser morna, quase fria. E o banho não deve ser muito demorado.

O mecanismo de hidratação natural da pele é garantido pela capa mais externa dela, que impede a perda de líquido. Quando o corpo é exposto à água quente e aos sabonetes alcalinos, essa capa de proteção natural, chamada de lipoproteica, é removida, fazendo com que a pele perca água para o meio e desidrate.

O uso da bucha é permitido para o corpo, pois ajuda a eliminar células mortas. Mas fique atento, a hidratação após a esfoliação deve ser ainda mais cuidadosa!

Aquele enrugamento normal que acontece na pele quando ficamos muito tempo na água indica que sua pele está desidratada.

Para o rosto, use sempre água fria!

O rosto é a região do corpo que mais sofre com os efeitos do inverno! Por isso, evite a água quente! O uso de buchas ou esponjas também não é indicado. O ideal é usar uma loção ou gel de limpeza.

Além disso, é aconselhável lavar o rosto sempre antes de dormir, assim removemos todas as impurezas e poluição acumuladas durante o dia, desobstruindo os poros e deixando a pele respirar melhor.

Protetor solar sempre!

Pouca gente sabe que mais de 80% da radiação ultravioleta que atinge a nossa pele durante a vida corresponde a essa exposição do dia-a-dia. Por isso, engana-se quem pensa que a ausência do sol está diretamente ligada ao fim dos cuidados com proteção. Mesmo no inverno, o protetor deve ser usado todos os dias.

Está pensando em fazer tratamentos estéticos?

O inverno é a estação propícia para tratamentos estéticos. Vindo em seguida a uma época de muito sol, o corpo está necessitado de cuidados especiais.

Além disso, a pele não estará tão sensível ao sol. Uma vez que a incidência dos raios UV neste período é baixa, há menos riscos nos tratamentos. Bom momento para tratamentos com laser e peelings, por exemplo, que são as boas opções para tratar manchas e firmar a pele.

Para quem quer se preparar para o verão é também a época ideal para iniciar ou continuar um tratamento de corpo. Os que visam melhorar a celulite, estrias, gorduras localizadas, flacidez e secar vasinhos das pernas precisam de, no mínimo, oito semanas.

* Com informações do ESP.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui