Início Saúde Ambiental Chuva artificial é estratégia para acabar com a seca

Chuva artificial é estratégia para acabar com a seca

38
2

O clima seco é comum nesta época do ano. No entanto, as chuvas de dezembro e janeiro não foram suficientes para recuperar o nível do sistema Cantareira da seca do ano passado. Desta forma, o índice foi caindo cada vez mais.

Com a falta de chuvas, o nível da Cantareira chegou em 16,8% ontem (22). Desde o mês de fevereiro, o governo do estado contratou um empresa que “faz chover” em um só local. O resultado da experiência foram chuvas que provocaram a queda de cerca de 11,5 bilhões de litros nos reservatórios, de acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo).

O sistema ainda está em estado crítico, de forma a levar 5 anos para se recuperar.

Assista ao vídeo para ver como funciona a chuva artificial:

 

A Sabesp irá repetir a estratégia no Alto Tietê, que também passa por crise, com apenas 22,2% da capacidade.

O motivo da falta de chuvas é o tempo seco. Mas o índice abaixo do normal é prejudicado pelo uso nada consciente da água.

2 COMENTÁRIOS

  1. Antes de qualquer estratégia, precisamos ter consciência. Caso contrário, cedo ou tarde a água irá acabar.
    Chega de medidas paliativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui