Início Saúde Física Ceia de Natal mais proteica e menos calórica

Ceia de Natal mais proteica e menos calórica

3
0

A ceia de Natal não precisa ser repleta de calorias e nem perder os sabores incríveis característicos da época.

Para a nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela, é importante elaborar um cardápio com carnes magras e elementos que ajudam na digestão para evitar o possível ganho calórico. “O ideal é utilizar alimentos ricos em fibras que ajudem na digestão e aumentam a saciedade”, explica a médica.

São boas opções: aves de granja, peixes, feião, grão de bico, soja, amendoim, ovos, leite e derivados.

O Peru, comum em qualquer ceia, apresenta apenas 5% de gordura e 20% de proteína. Ele pode tornar-se um prato mais saudável dependendo dos temperos. “Sem condimentos artificiais, pode apostar no alho, na cebola e na pimenta. O alho é ótimo fortalecedor do sistema imunológico, além de ter ação diurética, ser favorecedor da secreção biliar e ser amigo do coração”, destaca a nutróloga.

As frutas secas, típicas da época, devem ser substituídas pelas frutas frescas. ”A ameixa seca, por exemplo, que tem 200 calorias em cada 100 g, pode ser trocada pela ameixa fresca, apenas 13 calorias cada uma. Mas, se a ideia é comer as frutas secas mesmo, troque pelas menos calóricas. A tradicional uva passa, com 300 calorias em apenas 100 g, pode ser substituída pelo damasco seco, 100 calorias pela mesma quantidade”, explica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui