Uma vez diabético sempre diabético?

A ciência tem avançado muito nessa área, mas a cura para o diabetes ainda não existe. Tratamentos, porém, são diversos e bastante efetivos, entre eles está a polêmica cirurgia bariátrica, popularmente conhecida como redução de estômago. Vale relembrar que existem dois tipos de diabetes (tipo 1 e tipo 2) e para cada um deles há um tipo de tratamento específico. No caso da cirurgia bariátrica, os pacientes que podem ser submetidos à operação são os portadores da diabetes tipo 2 com obesidade grave.

Refluxo – Acabe com esse incêndio em seu estômago

A maioria das pessoas confunde aquela queimação após as refeições com azia. Fique atento, esses podem ser sinais do chamado refluxo gastroesofágico. O “fogaréu estomacal” acompanha pessoas que andam de braços dados com maus hábitos como dieta gordurosa, sedentarismo e obesidade.

Reflexocromoterapia: dos pés à cabeça

A reflexocromoterapia alia massagens relaxantes em pontos específicos dos pés (reflexoterapia) com a manipulação da frequência de energia por um sistema de cores (cromoterapia). A técnica desenvolvida por Sandra Wajman Gruner, especialista em Terapia do Toque, é capaz de promover bem-estar e equilíbrio ao organismo. Além de aliviar tensões nos músculos, articulações e ossos acumuladas pela pressão, peso e o uso de sapatos inadequados, também contribui para detecção de doenças e prevenção de dores na coluna.

Robôs operam câncer de próstata

O câncer de próstata, um grande inimigo masculino, tem novo adversário. A utilização da cirurgia robótica em casos de câncer de próstata garante redução dos riscos operatórios e pós-operatórios. A técnica que chegou ao Brasil há cerca de um ano já é empregada em 70-80% das cirurgias para tratamento deste câncer nos EUA.

Transplantes – Crescimento de 24% no primeiro semestre de 2009

Graças à campanha feita pelo Ministério da Saúde, em parceria com o Conselho Regional de Medicina, Associação Brasileira de Transplantes e Sociedade Brasileira de Mastologia, o crescimento dos transplantes no primeiro semestre do ano foi de 24%.

Psoríase – Pesquisa traça perfil dos portadores

Diagnosticada como uma doença genética e de causas desconhecidas, a psoríase, segundo o primeiro levantamento epidemiológico feito no Brasil, atinge em sua grande maioria mulheres com idade média de 43 anos.

Sono dos pequenos – Barriga para cima é a opção mais segura

Uma das principais causas de morte entre os bebês – a chamada síndrome da morte súbita pode ser evitada. A boa notícia acaba de ser publicada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, que recomenda que os pais procurem posicionar os bebês de barriga.

27 de setembro – Dia Mundial do Coração

Já estamos cansados de saber que o coração além de ser um dos órgãos mais importantes do nosso corpo também é um dos mais atingidos quando nos tornamos adeptos aos maus hábitos como tabagismo, má alimentação, sedentarismo entre outros.

Fórmulas para emagrecer – Fique de olho!

Já falamos em outros posts sobre a polêmica das fórmulas mágicas para emagrecimento precoce e desenfreado a que muitas pessoas – em sua grande maioria mulheres se submetem.

Dê uma mexidinha na sua rotina – Nova bebida para o verão

A equipe Blog da Saúde prestigiou no início de setembro o lançamento de uma bebida que promete refrescar ainda mais os dias quentes de verão. O Frutizz é um produto inédito no Brasil que combina o sabor do suco de fruta com um toque de gás. A bebida, que já pode ser encontrada desde a segunda quinzena de setembro nos principais pontos-de-venda de São Paulo, será lançada em três diferentes sabores: uva, laranja e pêssego.

Disposição, superação e saúde – 17º Maratona Pão de Açúcar

Com mais de 30.000 atletas inscritos, a Maratona Pão de Açúcar agitou as imediações do Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Este ano, o percurso realizado pelos atletas (nada menos que 42,2km) em sistema de revezamento contou também com bicicletários, para facilitar o acesso de quem além de correr também gosta de pedalar.

Virada Esportiva – Atenção ao calendário

Nos dias 19 e 20 de setembro - sábado e domingo você tem um compromisso com sua saúde. A virada esportiva 2009 promoverá 24 horas de esporte, atividade física, adrenalina e muita diversão para toda a população da capital.

Anemia Falciforme – Transplante pode ser a cura

A doença, que atinge em sua maioria a população negra tem origem genética e consiste na mudança de formato nos glóbulos vermelhos – hemácias....

Lesões no esporte: Pierre conta sobre sua situação

Ronaldo, Phelps, Nadal, ídolos de todos os esportes já sofreram lesões. Elas são um dos maiores inimigos de quem pratica esporte, desde atletas de alto-nível até os de final de semana. Quando o assunto é esporte competitivo existe toda uma estrutura e acompanhamento profissional, tanto na prevenção quanto no tratamento adequado de fraturas, contusões, luxações, etc. Já entre as pessoas que freqüentam academias ou praticam esportes como lazer não existe a mesma preocupação. É por isso que lesões podem ocorrer em ambos os casos, independente da intensidade ou freqüência do exercício. Geralmente, as lesões ocorrem na melhor fase do atleta, no ápice de seus treinamentos e quando há estresse pela cobrança. O esportista lesionado deve passar por tratamento e um período de repouso. O retorno às atividades e a competição é extremamente delicado, pois o atleta não estará logo de início nas mesmas condições físicas e psicológicas que se encontrava antes da lesão. A melhor maneira de regressar com sucesso e não sofrer outros prejuízos ocorre de forma gradual com supervisão médica e o apoio dos colegas e familiares. O Blog da Saúde ouviu o volante palmeirense, Pierre, que sofreu uma lesão no tornozelo esquerdo durante um treino este mês para contar um pouco da sua experiência.

Alimentos e suas coincidências nas funções

"Você é o que você come".  A premissa é bastante verdadeira, mas você já reparou que alguns alimentos realmente se parecem com partes do...

Queilites: Está na boca do povo

A queilite é uma inflamação labial e pode ser causada por diversos fatores. Suas manifestações assim como frequência e potencial maligno dividem-na em quatro principais tipos. Conheça cada um deles e fique atento aos sinais de sua boca.

Ortorexia: a doença verde

Alimentos gordurosos, industrializados e artificiais não entram na sua dieta? A princípio eu o parabenizaria pela sua educação alimentar, mas acredite que pessoas viciadas em alimentos saudáveis podem ser vítimas de mais um distúrbio alimentar: a ortorexia. O hábito exagerado em consumir alimentos que não prejudicam a saúde não está relacionado diretamente com o medo de engordar. Entretanto, essa preocupação pode interferir seriamente na rotina do “naturista”, deixando seu caráter benéfico e passando a ser maléfico ao organismo. Os ortoréxicos estão suscetíveis a anemia, osteoporose, entre outros distúrbios e doenças associados à deficiência de nutrientes e vitaminas. Além disso, o acesso limitado a esse tipo de alimento, devido ao preço elevado e lugares disponíveis, restringe a ingestão de alimentos em geral e pode levar a doenças mais sérias. Essa obsessão pode interferir também na vida social do ortoréxico devido sua repugnância em consumir pratos feitos por outras pessoas, sejam amigos ou em restaurantes, já que não confiam na procedência dos alimentos. Vale lembrar que embora produtos naturais favoreçam sua saúde, a cada dia cientistas e médicos descobrem novas especificidades e valores dos alimentos. Perceba como essas mudanças constantes influenciam sua vida.

Chuveiro, chuveiro – Não faz assim comigo!

Se você acha que um bom banho de chuveiro basta para ficar limpo, cuidado, você pode estar enganado. Pesquisa recente realizada nos EUA – pela Universidade do Colorado identificou a presença dos chamados “biofilmes” – conjuntos de comunidades microbianas que muitas vezes chegam a ser maiores – em quantidade – do que os encontrados na água.

Notícias Recentes