Tecnologia em Saúde – Mosca Robótica trata problemas

Essa mosca com certeza nenhum de nós iria espantar. Fruto da pesquisa de profissionais do Robotics Laboratory parte do Israel Institute of Technology, em Haifa criou um robô que, guiado por um ímã que fica fora do organismo do paciente faz com que ele percorra com seus pequenos braços as paredes das veias até a região desejada.

Bronzeamento natural

O horário de verão já começou e é um dos indícios que a estação mais quente do ano está chegando. Verão é sinônimo de praia e muito sol, mas alguns cuidados devem ser tomados com a pele no quesito bronzeamento. Produtos caseiros para acelerar o bronzeado são perigosos.

Polêmica na cirurgia de retirada da próstata: tradicional x robótica

No início do mês, o Blog da Saúde fez um post sobre a utilização da cirurgia robótica na retirada da próstata, uma técnica recentemente realizada no Brasil. Na última quinta-feira, 15 de outubro, o jornal Folha de S.Paulo publicou o resultado de uma pesquisa americana comparando a eficácia da técnica minimamente invasiva (por robô ou laparoscopia) e a tradicional.

Diabete Infantil – Massagem ameniza os sintomas

Conhecida como Tsuya e idealizada pelo massoterapeuta Kiyoshi Nagaoka, a massagem reúne técnicas que auxiliam no tratamento de crianças com diabete.

H2O – Qual é a qualidade da água que você consome?

Terra, planeta água. Elemento fundamental e em escassez no mundo , na última década cerca de 10 mi pessoas adoeceram, só no Brasil decorrente do consumo de água contaminada. Desse número, uma média de 40% dos casos foram contraídos nas residências.

Alzheimer – Investigação de indícios ajuda no diagnóstico precoce

Um estudo recente publicado no Archives of Neurology sugere que antes da perda da memória, primeira associação à doença, uma outra característica pode ser observada: a perda de habilidades visoespaciais, como ler corretamente ou conseguir montar um quebra cabeças.

Botox: o novo herói

O queridinho de homens e mulheres que querem parecer mais jovens possui mais utilidades do que mascarar as rugas. O Botox tem sido usado atualmente para fins além da estética e pode contribuir muito ao campo da saúde. No Brasil, o Botox é legalmente usado no tratamento de problemas como contrações involuntárias da musculatura em diversas partes do corpo, estrabismo, sequelas de AVC, bexiga hiperativa e hiperidrose (suor excessivo).

Dia Mundial da Alimentação – Você sabe o que consome?

Sabemos que a escolha dos alimentos adequados são fundamentais para uma dieta saudável, porém existem outros fatores que também são decisivos para a qualidade da alimentação, como sua embalagem, conservação e o manuseio.

Leite: Importante do seio materno à melhor idade!

O leite é o primeiro alimento que ingerimos em nossas vidas. É um alimento rico em nutrientes, essencial para prevenção de uma doença que atinge dez milhões de pessoas no Brasil, a osteoporose, e ainda é responsável pelo vínculo efetivo e maternal presente nos mamíferos.

César Cielo: como segurar o xixi diante de tanta água?

Você se lembra que em meio a Olímpia de Atlanta em 96, o fenômeno Ronaldo aproveitou a paralisação do jogo, sentou no campo, colocou a bola na frente e... Sentiu-se mais aliviado? O assunto soa banal, mas muitos atletas sofrem com uma situação bastante desagradável durante as competições: a vontade de ir ao banheiro. O piloto brasileiro, Rubens Barrichello, conta que sempre encontra os outros competidores dentro do banheiro antes das provas e admitiu já ter feito xixi dentro do carro. Estar com a bexiga cheia é desagradável e periga atrapalhar o desempenho durante a prova. Não se hidratar antes da atividade física também prejudica o rendimento. E então, o que fazer diante desse dilema? O Blog da Saúde conversou com o nadador e recordista mundial César Cielo, e descobriu como ele faz para escapar desse incômodo e como isso interfere na sua preparação e atuação durante a competição. 1. Como você lida com a vontade de ir ao banheiro durante a prova? Em situações extremas, o que você faz? Cielo - Não tem jeito. Durante a prova o único jeito é segurar. Na verdade, com aqueles maiôs tecnológicos que a gente usou na temporada passada não tem o que fazer. A partir do momento em que se coloca o maiô não tem mais como ir ao banheiro. Por isso, atletas que não podem permitir a interferência desse tipo de fator no resultado da prova controlam bem os horários... Pensa em quando ir ao banheiro, em quando colocar o maiô e o tanto que vai ingerir de líquido. 2. Você faz algum tipo de preparação para evitar que sua bexiga esteja cheia durante a prova? Cielo - Evito beber muito líquido e controlo os horários... Banheiro, maiô... É um ritual. 3. Como você alia a questão da hidratação com o incômodo da bexiga cheia durante a competição? Cielo - É um dilema para os atletas que têm de se manter hidratados e não podem ir ao banheiro nos momentos de preparação, que antecedem a prova, e na prova em si. Acho que é bem importante também ter tranquilidade, não ficar ansioso o dia todo e se hidratar muito bem após a prova. 4. No seu esporte, de que forma a vontade de ir ao banheiro interfere no seu rendimento? Cesar Cielo - Pode atrapalhar a performance sim. O importante é controlar ao máximo a hidratação e ver os horários para dar tudo certinho.

Vacina de ação dupla – Gripe e Doença de Chagas

A onda otimista vem da pesquisa de mestrado de Rafael Polidoro, da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Polidoro, orientado por bioquímicos e microbiologistas trabalhou durante um ano inteiro na modificação do vírus Influenza.

Lentes de Contato – Olhos abertos na limpeza!

As lentes de contato necessitam de produtos específicos para serem limpas. Segundo oftalmologistas, quando utilizamos produtos inadequados as consequências vão desde alergias até infecções.

Fumo proibido – Número de internações por infarto diminui

Um levantamento feito por pesquisadores da Universidade da Califórnia demonstrou que houve uma queda de 17% no número de internações por infarto desde a entrada em vigor de leis restritivas ao cigarro, como a da capital paulista. O resultado foi baseado em estudo feito em cinco países.

Pacientes Crônicos preenchem 31% dos lares

A pesquisa que revelou esses dados foi feita pelo Datafolha no período de 18 a 22 de agosto. Doenças crônicas, como diabetes e hipertensão são caracterizadas como aquelas que interferem no estado físico do paciente por tempo prolongado.

Driblando a saciedade: a praga das besteiras

Você que não se controla perto de um chocolate, ou melhor, de um tablete inteiro, já tem em quem colocar a culpa. Pesquisadores apontam que a gulodice não é a única responsável pela ingestão exagerada de certos alimentos, principalmente, no intervalo das refeições, os famosos “lanchinhos”. Algumas vezes, o que é visível aos nossos olhos, como os valores calóricos estampados no rótulo dos produtos, não são as únicas coisas que devemos levar em conta na hora de escolher o que comer. Isso porque, certos alimentos estimulam mais a sensação de saciedade do que outros. Aqueles ricos em açúcar, gordura e carboidratos são os maiores responsáveis pela “barreira”, que impede o cérebro de receber a mensagem: PARE DE COMER. A mesma pesquisa constatou que esses efeitos podem durar por três dias. É por isso que um dia fora da dieta pode atrapalhar todo processo.

O peso da dor nas costas

“A dor nas costas pode acontecer em qualquer idade, desde a infância até a terceira idade. Sempre será um problema para quem estiver sentindo”, alerta a Dra. Thaís Saron, médica fisiatra do Centro de Dor do Hospital 9 de Julho." Ao longo de nossas vidas carregamos hábitos que na vida adulta refletem-se em problemas crônicos na coluna. Esses costumes vão desde as mochilas pesadas que carregamos nas costas para ir ao colégio até aquela postura jogada dos adolescentes.

Dia Mundial da Visão – Quais são os fatores de risco para as doenças...

Hoje comemoramos o Dia Mundial da Visão, mas os motivos para comemorar infelizmente não são muitos. Uma pesquisa realizada no Brasil e em sete outros países demonstrou que a maioria dos brasileiros desconhece fatores de risco importantes para doenças oculares.

Mulheres e o verão – Cuide da sua pele

Sol, hormônio feminino, gravidez, contraceptivos... Esse mix quando não cuidado pode resultar nas temíveis manchas na pele. Como o verão se aproxima a necessidade de priorizar esses cuidados aumenta.

Notícias Recentes