Início Saúde Física Campanha “Vale a Pena Viver Mais” alerta população sobre o câncer de...

Campanha “Vale a Pena Viver Mais” alerta população sobre o câncer de pulmão

49
0

Caiu no senso comum que o câncer de pulmão é totalmente relacionado com o tabagismo. Está certo que 90% dos casos acometem os fumantes, mas não é uma doença exclusiva deles. Histórico familiar, tabagismo passivo e exposição a substância amianto também podem desenvolver este tipo de câncer.

Para alertar a população sobre este mal, as entidades AmigoH e Instituto Oncoguia lançaram a campanha “Vale a Pena Viver Mais”. “Queremos conversar com toda a sociedade, fumantes e não fumantes, pois temos como evitar que essa doença se torne tão agressiva, por meio dos cuidados que minimizam o risco e pelo diagnóstico precoce. A população brasileira precisa desse conhecimento”, explica Luciana Holtz, presidente do Instituto Oncoguia.

Por meio do site da campanha (www.valeapenavivermais.org.br), o internauta tem acesso à informação sobre todos os aspectos relacionados ao câncer de pulmão, com ênfase especial em dicas multidisciplinares para quem quer parar de fumar.  A campanha aborda também os cuidados necessários que devem ser adotados para pessoas que fumaram, por exemplo, um maço de cigarro por dia por mais de três décadas. “Queremos trazer para a conversa quem precisa de apoio para parar de fumar. Não vamos reforçar os malefícios do cigarro, mas valorizar os benefícios de largar o vício”, explica o médico Ricardo Sales dos Santos, cirurgião torácico do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

O site da campanha é interativo e dá espaço para o internauta mandar seu próprio depoimento, compartilhar vídeos e mensagens de incentivo. O próprio site traz histórias de pessoas que já se depararam com o câncer de pulmão por diferentes caminhos: na mãe, na esposa, no ex-fumante ou até do próprio paciente, em alguns casos em estágios iniciais e, em outros, em fase avançada.

Segundo Holtz, essa campanha tem por objetivo aproximar o fumante das informações, discutir a doença além do tabagismo, focando na importância de se informar sobre o diagnóstico precoce deste que é o câncer que mais mata no mundo.

Para a AmigoH, o maior benefício da campanha é levar informação de qualidade à população. “A ideia é oferecer às pessoas uma das melhores armas de combate ao câncer, que é a informação de qualidade. É preciso conhecer os recursos que temos à disposição para evitar novos casos ou fazer a detecção precoce da doença.”, afirma Ida Sztamfater, presidente da organização.

A campanha mostra de maneira educativa que é possível lutar contra o câncer de pulmão e ter uma vida mais saudável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui