Início Saúde Mental Brigas de pais deixam marcas nas crianças

Brigas de pais deixam marcas nas crianças

84
0

Timidez em excesso, agressividade fora do normal e até mesmo depressão. O comportamento dos pais na frente dos filhos pequenos pode causar grandes transtornos no futuro das crianças. De acordo com uma pesquisa da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, 72% das crianças atendidas pela unidade com problemas emocionais viram os pais discutindo.

O estudo, feito pelo coordenador e chefe do setor de Neuropsiquiatria Infanto Juvenil da Santa Casa, Fábio Barbirato, avaliou, durante os últimos cinco anos, os pacientes que chegavam à unidade. Ao todo, foram cerca de 1,5 mil crianças analisadas.

“Notamos que a maioria das crianças que chegava à clínica para tratamento vinha de lares com estrutura conturbada”, conta Fábio Barbirato.

Não são só as discussões em voz alta que prejudicam o desenvolvimento das crianças. As brigas em tom menos explícito também podem ser percebidas pelos filhos.

Outro efeito, segundo a psicóloga Luciana de la Peña, é que as crianças tendem a copiar o comportamento que presenciam.

“O exemplo é sempre mais forte que a palavra. Ela vai repetir ações, e não discursos”, afirma a psicóloga.

Luciana explica também que os pais não devem subestimar seus filhos. “Pais costumam não dar crédito à capacidade do filho. Mas criança entende tudo”, finaliza.

*Com informações do jornal O Dia- RJ 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui