Início Saúde Física Aprenda a se alimentar bem no inverno

Aprenda a se alimentar bem no inverno

145
0

Graças ao frio, o organismo necessita trabalhar mais para manter o nosso corpo em uma temperatura estável, isto promove um aumento do gasto calórico. Uma ótima notícia para quem quer emagrecer, certo? Mas há um pequeno detalhe, durante o frio temos mais fome e, consequentemente, comemos mais.

Para evitar o consumo de alimentos mais calóricos na busca por algo que nos deixe felizes e quentinhos, além de mais satisfeitos, a nutricionista Paula Macedo indica os melhores alimentos para esta época do ano. Além de serem mais saudáveis, ajudam a controlar a fome e nos esquentar!

Sopa – Feita em casa, ela pode ser ainda mais nutritiva, graças às verduras e aos legumes adicionados. Além disso, é possível evitar o uso de temperos prontos, pois são ricos em sódio e gorduras saturadas.

Chá – “Beber chá propicia vários benefícios à saúde. Antioxidante e cardioprotetor, o chá aumenta o metabolismo. Tanto os chás de sachet quanto os de folhas in natura podem ser consumidos. Os chás verdes, que têm a planta Camellia Sinensis, substância funcional, são essenciais, pois aumentam o metabolismo. No entanto, o excesso de chás pretos deve ser evitado, pois a bebida contém grande teor de cafeína, o que é prejudicial à saúde. Para um consumo saudável e sem ressalvas, é importante observar, ao ingerir chás naturais, as condições de higiene da planta, comprar somente de fornecedores conhecidos, verificar o estado de conservação da erva e certificar-se de que aquela planta é mesmo a que você procura”, explica a nutricionista.

Vinho – Aos amantes de bons vinhos, atenção! O vinho tinto pode trazer muitos benefícios à saúde, como a redução de doenças cardiovasculares e respiratórias, mas é possível apenas conquistar estas melhorias se o consumo for de APENAS 150 ml por dia, ou seja, um cálice.

Fruta – O consumo de frutas diminui nesta época, mas, mais do que nunca, o consumo delas é importante para evitar as doenças características do inverno, como a gripe. Aproveite para consumir as frutas da época, como abacaxi, melão, morango e caju.

Canela – “A canela tem ação estimulante, termogênica e antidiarreica, o que facilita a digestão, diminui o colesterol LDL, controla a glicose e diminui a compulsão por carboidratos e doces. Além disso, ela protege o corpo de doenças respiratórias por conter propriedades antibacterianas, expectorantes e anti-inflamatórias. É indicada para quem sofre de bronquite, está resfriado, tossindo ou possui infecções, como faringite e laringites. Também é indicada em bebidas quentes e sobremesas”, indica.

Gengibre – “Essa raiz é rica em vitamina C, que favorece o bom funcionamento do sistema imunológico, cicatrização de feridas, proteção das gengivas e ação antioxidante, contra os radicais livres. O gengibre contém vitaminas B3 e B6, que ajudam a aliviar os sintomas da TPM, e minerais antioxidantes, como magnésio, selênio e zinco. Ele também pode ser consumido cru, refogado ou em forma de chá, utilizado como tempero e até adicionado a sucos. A recomendação é de um pedaço de dois centímetros, três vezes ao dia, ou então fazer um chá com um pedaço de seis centímetros e tomá-lo três vezes ao dia”, sugere a especialista.

Se estes alimentos ainda não matarem a sua fome, aproveite estas sugestões da nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela:

  • Consuma mais proteínas, que demora para serem metabolizadas e promovem a sensação de saciedade.
  • Evite os excessos de carboidratos.
  • Para os tentadores fondues, faça-os com carnes cozidas ao invés de fritas e misture queijos magros e os mais claros possíveis para molhar os pães integrais. Na versão doce, use chocolate em pó 70% cacau e aproveite a receita de leite condensado light: 1 xícara de leite em pó desnatado, 1/4 de xícara de água fervente e 1/2 xícara de adoçante em pó.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui