Início Últimas Notícias Animais usados para pesquisa: você é a favor ou contra?

Animais usados para pesquisa: você é a favor ou contra?

59
5

Anvisa, em parceria com o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), quer excluir animais de pesquisas.

O Centro Brasileiro de Validação de Métodos Alternativos (Bracvam) é o primeiro da América do Sul a desenvolver outras técnicas que não utilizam animais da fase de testes. A ideia é instituir uma cooperação entre a Anvisa, Bracvam e INCQS-Fiocruz.

Muitos países já proíbem a produção e a importação de produtos desenvolvidos com testes em cobaias. A União Europeia, desde 2004, rejeita a prática de utilizar cobaias em linhas de desenvolvimento de artigos direcionados ao mercado da beleza.

Preocupados com essa tendência, algumas indústrias no Brasil têm investimentos para abolir teste com animais na produção de cosméticos.

Ao lado da questão ética do sofrimento das cobaias, as pesquisas que utilizam animais são vistas como menos refinadas do ponto de vista técnico científico, como explicou a diretora de Ensino do INCQS, Isabella Delgado, durante sua exposição sobre o Bracvam na Anvisa.

“Buscamos mais avanço técnico, resultados mais confiáveis, menos susceptíveis a erros, de menor custo e de mais fácil difusão em outros países”, disse. “Encontramos 14 pesquisas de métodos alternativos no país e nossa ideia é reunirmos essa expertise, pesquisarmos juntos.”

A diretoria da Anvisa se comprometeu a levar ao INCQS  a proposta de formação de um comitê gestor na Agência para este projeto de  cooperação ser implementado com o Bracvam no próximo mês de setembro.

5 COMENTÁRIOS

  1. Acredito que deve ser abolida essa técnica retrógrada e atrasada de utilizar animais em testes, partindo do pressuposto de que são VIDAS, portanto sentem DOR, MEDO, e tantos outros sentimentos que muitos relacionam apenas as pessoas. Os humanos tem que enteder que são seres participantes do meio, e não o dominante, e que somos racionais não para tirar proveitos dos animais, mas para elaborarmos técnicas de preservação para esses.
    FIM DO USO DE COBAIS JÁ !

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui