Inovação foi criada por pesquisadores da UNICAMP e tem previsão de chegar ao mercado brasileiro daqui a dois anos.

Além de medir pulsação, a quantidade de calorias perdidas e o número de passos dados por dia, estes acessórios podem ajudar os médicos a salvarem vidas.

A saúde ocular também pode ser afetada devido o alto uso de tablets.

O app apresenta dicas e informações para quem nunca mexeu com jardinagem e ajuda os usuários a ter uma alimentação mais saudável.

Por enquanto, o Comidável funciona apenas para quem mora em Curitiba, mas em breve será lançado para outras cidades.

Segundo pesquisa inglesa, os profissionais que verificam a caixa de entrada do e-mail fora do trabalho apresentam alto nível de estresse.

A novidade permitirá que os sentidos voltem a exercer as funções.

Todos os dados capturados pela tatuagem são enviados para o celular via Bluetooth.

Diante de tantos avanços da tecnologia e de toda a praticidade que proporciona, há um item que precisa ser observado: a segurança.

Sementes serão espalhadas em áreas onde o ser humano não consegue chegar.

Cientistas norte-americanos conseguiram conectar a ligação entre o cérebro e o resto do corpo.

Cansaço extremo, falta de foco e prejuízo a memória são alguns dos problemas enfrentados em quem não consegue largar os smartphones.

Pesquisa comparou a população idosa de hoje em dia com a de quase uma década atrás.

Pacientes poderão registrar informações e disponibilizá-las ao médico para facilitar o diagnóstico e o tratamento a partir do conhecimento sobre o seu histórico.

O portal “Nem aí” é uma plataforma criativa que incentiva o trabalho voluntário.

O app SP Serviços ainda permite que a população agende horário de atendimento no Poupatempo.

Jovem de Araçatuba, interior de São Paulo, sofreu afundamento do crânio após o acidente de moto.