Dois estudos recentes mostraram os benefícios de parar de fumar: o cigarro pode tirar, em média, 10 anos de sua expectativa de vida.

Quem busca ajuda para parar de fumar pode procurar uma UBS e pedir o tratamento contra o tabagismo.

O dado faz parte de um estudo realizado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA).

As razões: custos dos intervalos para fumar, excesso de faltas e perda de produtividade devido à dependência em nicotina.

Estudo revela que em menos de 25 anos, população tabagista passou de 31% para apenas 16,8%.

Dois estudos recentes mostraram os benefícios de parar de fumar: o cigarro pode tirar, em média, 10 anos de sua expectativa de vida.

INCA promove campanha “Cigarro não combina com a saúde do planeta. Nem com a sua”.

Campanha promovida no Dia Mundial Sem Tabaco busca conscientizar sobre os males causados pelo cigarro, além de dar apoio médico gratuito aos fumantes.

O Projeto de Lei de Conversão foi aprovado pelo Senado e proíbe o uso de cigarros em qualquer ambiente fechado no Brasil.

Após a Austrália ser o primeiro país do mundo a proibir marcas de cigarro em maços, a associação britânica de médicos sugere proibir fumar dentro de veículos.

A liberdade da indústria do tabaco está com os dias contados.

Você não sai de casa sem protetor solar – certo. Mas ainda fuma?

No Dia Mundial sem Tabaco, a Organização Mundial da Saúde celebra o sucesso da Convenção-Quadro para Controle do Tabaco.

Ler sobre os efeitos do cigarro e do sol na pele causa um tipo de sensação; ver imagens, outro completamente diferente.

“Cigarros mentolados agora são ilegais. Mas a indústria continua a vender outros produtos feitos com tabaco com opção de cerca de 45 sabores doces diferentes. Por que eles querem deixar o tabaco com gosto doce? O que você acha?”

A fumaça do cigarro provoca danos genéticos após a primeira inalação. O estudo detalhou como as substâncias do tabaco danificam o DNA com ligação para o surgimento do câncer.

Você tem uma alimentação saudável, pratica exercícios, planta árvores, faz trabalho voluntário e respira a fumaça dos outros.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o cigarro é a principal causa de morte evitável do mundo. É fator de risco para mais de 50 doenças e responsável por 200 mil mortes por ano no Brasil.