Este mal ocorre em, aproximadamente, 15% das gestações gemelares com uma placenta e duas bolsas.