Ministério da Saúde também publicou hoje portaria que define regras para tratamento de participantes do programa

A partir de hoje, as operadoras de planos de saúde deverão garantir aos consumidores a marcação de consultas, exames e cirurgias nos prazos máximos definidos pela ANS.

A intenção do Conselho Federal de Medicina é ajudar na qualificação da assistência oferecida pelo SUS a este tipo de agravo.

Há quatro anos, a agência reguladora americana FDA, similar a ANVISA, mostrou suas intenções em aprimorar as normas para os protetores e agora cumpre o anúncio.

O objetivo é aumentar o controle sobre a substância, promover o uso seguro e evitar o nascimento de crianças vitimadas pelo uso incorreto do medicamento que provoca má formação no feto.

O Inmetro pretende certificar artigos de festas infantis para preservar a integridade física, segurança e a saúde das crianças. O instituto manterá aberta, até o dia 22 de novembro, uma consulta pública sobre as normas de certificação compulsória desse tipo de produto.