Pesquisa foi realizada por médicos da Universidade de São Paulo.

O que deve ser feito no momento em que ocorre o acidente.

A maioria da pessoas sabe as consequências de ficar esparramado no sol sem proteção. Mas, depois de ficar igual a um pimentão e todo ardido, saiba como minimizar os estragos

Quem nunca queimou a boca com comida quente? Para ajudar quem sofre com desse mal – a pressa da fome – cientistas desenvolveram uma tira que promete curar essas queimaduras!

Um aplicativo com conteúdo desenvolvido e supervisionado pelo Dr. Drauzio Varella oferece orientações básicas sobre primeiros socorros. Está disponível no iTunes para aparelhos iPhone e iPad e aos dispositivos com Android. A versão é gratuita.

Talvez a hora de tirar um band-aid cause tanta tensão como o momento em que o machucado foi feito. Entretanto, universidades desenvolvem tipo de curativo que se dissolve sobre a pele.

A intenção do Conselho Federal de Medicina é ajudar na qualificação da assistência oferecida pelo SUS a este tipo de agravo.

Há quatro anos, a agência reguladora americana FDA, similar a ANVISA, mostrou suas intenções em aprimorar as normas para os protetores e agora cumpre o anúncio.

Apenas em 2010, houve quase nove internações diárias por queimaduras em São Paulo pelo SUS – Sistema Único de Saúde.

Alguns métodos existentes para lidar com as queimaduras, como enxertos de pele, levavam semanas ou até meses para fazer com que a pele crescesse. A pele nova formada é extremamente sensível e nunca mais se assemelha à original.