Os transplantes de medula óssea ajudam a curar doenças que interferem na produção de células sanguíneas. Mesmo possuindo um dos maiores registros de doadores, as chances da medula ser compatível é de 1 em 100 mil.