A Shell na Ucrânia queria conscientizar os motoristas a preservarem a segurança das pessoas, já que o país é o número 1 em acidentes envolvendo pedestres na Europa.