Medo, tristeza e insegurança. Esses são os principais sentimentos que tomam conta de uma mulher quando ela recebe o diagnóstico de câncer de mama metastático, também conhecido como câncer de mama avançado ou de estágio IV.

Pacientes poderão registrar informações e disponibilizá-las ao médico para facilitar o diagnóstico e o tratamento a partir do conhecimento sobre o seu histórico.

Em agosto, uma equipe de voluntários selecionarão pacientes com fissuras labiopalatais para passarem por cirurgia gratuita.

Prática exclusivamente médica ou não, acupuntura divide opiniões de médicos e pacientes.

Ter breves momentos para saborear a vida ajuda os pacientes a tomarem melhores decisões sobre a própria saúde, segundo novo estudo.

Sites para portadores de alguma doença, cuidadores e profissionais da área médica promove o compartilhamento de conhecimentos sobre saúde e o apoio emocional entre os seus membros.

O levantamento do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) foi realizado com 12,8 mil pacientes da unidade, entre dezembro de 2008 e maio de 2011.

Desde o começo do ano, os pacientes com sintomas de dengue recebem um cartão de identificação quando procuram postos médicos públicos e privados.

Um projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa pelo governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), prevê que até 25% dos atendimentos em hospitais e unidades de saúde administrados pelas OSs (Organizações Sociais) possam ser destinados a planos de saúde.

A ANS disponibilizará em seu site uma lista de classificação dos hospitais credenciados mais eficientes e seguros. A nova ferramenta contará com informações, como índices de infecção hospitalar, mortalidade em operações e complicação cirúrgica.

Um dos possíveis efeitos colaterais em pacientes que fazem tratamento quimioterápico é a alteração no paladar, o que acaba por prejudicar a alimentação.

Amanhã, dia 30 de julho, a Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) promoverá um encontro gratuito, em São Paulo, sobre ‘Tipos de Transplantes de Medula Óssea e Possíveis Complicações’.

Levantamento realizado pela Secretaria Estadual de Saúde aponta que um em cada cinco pacientes transplantados em hospitais paulistas são residentes de outros Estados do Brasil.

De acordo com a legislação atual, 100% dos pacientes de hospitais públicos terceirizados devem ser do Sistema Único de Saúde – SUS, e quem paga é o governo. Atualmente, a Assembléia Legislativa da capital estuda projeto de lei que, se aprovado permitirá que os hospitais estaduais dirigidos por Organizações Sociais cobrem pacientes particulares e de planos de saúde pelo atendimento.