Em 1990, o país registrava 52,04 mortes por mil nascimentos, hoje são 19,88 mortes por mil.

Reduzir em dois terços a taxa mortalidade infantil é uma das metas do milênio da Organização Mundial da Saúde, assim como melhorar a saúde das gestantes. O prazo é até 2015.