Banco Central volta atrás e, caso uma pessoa saque em caixas eletrônicos notas suspeitas de terem sido manchadas por dispositivos antifurto, o banco será obrigado a trocá-las por cédulas válidas.