A Agência Nacional de Vigilância Sanitária tem somado esforços para garantir a segurança de produtos destinados às crianças.

A medida serve para frear propagandas com apelo “verde” em que não há prova concreta dessa qualidade.

As normas que regulam os Bancos de Células e de Tecidos Germinativos (BCTG), onde há o armazenamento de óvulos, espermatozóides e embriões, foram atualizadas pela Anvisa.

O objetivo é aumentar o controle sobre a substância, promover o uso seguro e evitar o nascimento de crianças vitimadas pelo uso incorreto do medicamento que provoca má formação no feto.