Quem utiliza o transporte público, a bicicleta ou vai ao lugares a pé costuma ser mais magro do que os que usam o carro.