Para infectologista, apesar da importância da desinfecção desses aparelhos, o recomendado é evitar preocupações obsessivas com limpeza.