Médicos paulistas irão utilizar células-tronco retiradas da polpa de dentes de leite em tratamento de pessoas com alguma lesão na córnea. O Instituto da Visão da Unifesp começará em setembro a fazer a triagem dos pacientes para aplicar o novo tratamento.