Amar melhora a qualidade de vida, ajuda na saúde do coração e diminui o estresse.

Doença da mulher moderna: estima-se que a endometriose afete seis milhões de mulheres em idade fértil. Algo entre 10% e 15%

Nesse período acontece uma alteração neuroquímica que deixa muitas mulheres “insuportáveis”. A alimentação pode auxiliar no controle dos sintomas, como alterações emocionais e dores pelo corpo.

Entre o sedentarismo e a gula, aqui vai mais uma causa dos quilinhos extras…

De acordo com especialistas, a química cerebral provocada pela paixão é semelhante ao vício da cocaína. Forte, não é?

Por que os cuidados com a saúde vascular devem ser redobrados entre o sexo feminino.

Chocolate dá espinhas? Esta é a principal dúvida que se houve a respeito de um problema que estampa o rosto de muitas pessoas, principalmente, durante a puberdade.

Testosterona é considerado um hormônio masculino ligado à agressividade e ao comportamento competitivo. Não que não seja produzido por mulheres, mas a quantidade presente no sexo feminino é muito menor.