Imagine não sentir medo ao ser ameaçado com faca ou arma de fogo. Esse é o caso de uma mulher que tem ajudado os pesquisadores a estudarem os efeitos da ausência de uma estrutura cerebral responsável pelas emoções de medo.